Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Encontros sanitários de 3º grau

20.02.13publicado por Gato Pardo

 

O trono de um homem é sagrado. Assim o é desde os primórdios da humanidade.

Fosse um monte de silvas no tempo do Homo Sapiens ou um gajo com um penico atrás no belo tempo do Louis XV (tão bem dado a conhecer no filme A mais louca história do mundo do Mel Brooks). O homem quando está em casa desfruta desse quality time. Joga Angry Birds no telemóvel, admira o fino recorte dos azulejos da casa de banho, a suavidade da folha dupla do papel higiénico ou se estiver com prisão de ventre, agarra em alguma coisa escrita pela Margarida Rebelo Pinto que a coisa costuma fluir naturalmente.

Fora de casa a coisa muda de figura. Primeiro, porque qualquer ser humano com meio amendoim na tola não anda com Margarida Rebelo Pinto a tiracolo a não ser que pretenda cometer suicídio. Depois, porque há quelque chose de ficção científica no facto de um gajo ter de recorrer a uma casa de banho pública para mandar um fax para Tóquio.

Em 60% dos casos, parece que estamos a entrar num local onde explodiram meia dúzia de Aliens que passaram os últimos anos a comer ao almoço chouriço com feijão e ao jantar chili com carne...

Outros 20% dos casos, são muito similares aos primeiros com a pequena nuance e bónus de que temos anúncios da secção de relax do Correio da Manhã espalhados por todo o diâmetro da porta, o que sempre distrai um gajo da tarefa em questão.

Existem ainda 10% de casos em que se deparam perante...um buraco! Yes, ladies and gentlemen. Um razoável e circular buraco. Lembram-se da feira popular em que haviam jogos em que tinham 5 bolas para acertar num sacana e minúsculo buraco? O conceito é mais ou menos esse...

E os últimos 10% são os afortunados. Aqueles que se deparam perante loiça sanitária limpa, papel higiénico ao dispôr, um silêncio sepulcral. Todo o mood desejado para...bem, cagar! Porque um homem aliviado, é um homem feliz.

Recentemente pertenci aos afortunados 10% (graças a deus, senão estava com uma prisão de ventre dos diabos...). Ou assim pensei.

Estava eu sossegado na minha tarefa quando ouço em altos decibéis do lado de fora...

- Está alguém aí dentro??? - dizia uma voz ligeiramente feminina com um toque de comando saída de Tancos.

Fiquei calado. Por norma até sou uma pessoa extrovertida (e já o fui em casas de banho...) mas não neste contexto de calças para baixo. E a senhora volta à carga.

- Se estiver aí alguém, não quero saber. Vou entrar, esteja com o dito cujo na mão ou não!!!

Verdade seja dita, já tinha terminado o meu serviço. Saí, lavei as mãos e cruzei o olhar com a rapariga encarregue das limpezas que me fitava de cima a baixo.

- Se o senhor estava ocupado, podia ter sito alguma coisa... - disse ela.

- Sabe, sou tímido.Apanhou-me num momento de extrema concentração...

- E fez o que pretendia? - perguntou ela a rir-se.

- Sim, um verdadeiro Nirvana...

Há momentos muito estranhos na vida de uma pessoa...